Habitação: preços em Lisboa sobem 15%

Os preços da habitação em Lisboa, no 3º trimestre de 2017, subiram 15,5%, em termos homólogos, segundo os dados divulgados pelo INE esta semana. A cidade apresenta actualmente um preço mediano de € 2.231 /m2, bem acima dos € 1.254 registados no Porto ou mesmo dos € 674 de Braga. De registar que o Funchal é a 2ª cidade mais cara do País com preços médios de € 1.328 /m2.

No entanto, a realidade não é toda homogénea dentro de Lisboa. Se é verdade que no espaço de 1 ano, os preços subiram mais de 15%, o mesmo não aconteceu de forma homogénea em todas as freguesias da cidade. De facto, Marvila registou inclusive uma queda de -6,1% passando a registar um preço mediano de € 1.550 /m2. Marvila é, aliás, a freguesia mais barata de Lisboa, juntamente com o Beato (€ 1.562 /m2) e os Olivais (€ 1.570 /m2). Nestas zonas será possível encontrar apartamentos de tipologia T2 por preços a rondar os € 150.000.

No patamar oposto temos as freguesias de Misericórdia, Santa Maria Maior e Santo António como as mais caras da cidade. Na prática, estamos a falar das zonas de Baixa, Chiado e Príncipe Real, todas com preços medianos acima dos € 3.400 /m2.

 

Então mas as casas em Lisboa não estavam a ser vendidas a € 10.000 /m2???

Importa esclarecer que esta estatística do INE refere-se à mediana dos preços de venda, no caso de Lisboa, por freguesia. Estatisticamente, a mediana é o valor que separa a metade maior e a metade menor de uma amostra, não é uma média nem sequer um percentil superior. Por outro lado, estamos a falar de freguesias, e em cada freguesia há claramente realidades distintas, com algumas casas bastante mais caras que a maioria.

No caso, por exemplo, das Avenidas Novas, em que temos um preço mediano € 2.533 /m2, significa que dentro dessa freguesia haverá metade do mercado com preços acima, e outra metade com preços abaixo, e com certeza haverá alguns imóveis com preços bem acima dos € 5.000 /m2.

 

Funchal é a 2ª cidade mais cara do País

Os dados publicados pelo INE revelam também que o Funchal é a 2ª cidade mais cara do País, acima da cidade do Porto. Destaque igualmente para a cidade da Amadora que registou um crescimento de preços de 22% entre o 1º trimestre de 2016 e o 3º trimestre de 2017, muito próximo dos 23% de Lisboa, durante o mesmo período. Poderemos ter aqui um efeito de arrastamento de preços, com muitos lisboetas a optar por comprar casas fora da cidade.

Resto do Pais espelha realidade bem diferente

Se Lisboa apresenta preços medianos acima dos € 2.200 /m2, e em alguns casos acima dos € 3.400 /m2, o resto do País mostra-nos uma realidade bem distinta. Boticas, município pertencente do Distrito de Vila Real, apresenta preços medianos na habitação de € 118 /m2 (sim, leu bem!). Aliás, são alguns os municípios com preços abaixo de € 200 /m2 – Penamacor, Penalva do Castelo, Pinhel, entre outros. Existem ainda 127 Municípios todos com preços abaixo dos € 500 /m2.

De referir, ainda, que Cascais, Loulé, Lagos e Oeiras são os municípios mais caros do País, a seguir a Lisboa, todos eles com preços medianos acima dos € 1.500 /m2.

Bons negócios (imobiliários)!

Fonte: Out of the Box
Link Original: http://out-of-the-boxthinking.blogspot.pt/2018/02/habitacao-precos-em-lisboa-sobem-15.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *